• Quando levar o seu filho a um nutricionista?

    O mais habitual no desenvolvimento infantil é o acompanhamento pelo médico de família e/ou pediatra, no entanto há situações que precisam do acompanhamento do nutricionista. Deixo 4 dicas preciosas para o orientar :)

    Procure um nutricionista inscrito na Ordem dos Nutricionistas.

    Opte por um nutricionista que não trabalhe/represente nenhuma empresa de produtos (“naturais”, suplementos, substitutos alimentares, …).

    Um nutricionista, na área da nutrição clínica, pode atuar em diversas áreas e situações clínicas…

    • Comportamento alimentar
    • Distúrbios alimentares (anorexia, bulimia)
    • Obesidade
    • Baixo peso
    • Anemia
    • Alergias alimentares
    • Intolerância à lactose
    • Doença celíaca
    • Doenças inflamatórias intestinais
    • Diabetes
    • Diversificação alimentar, introdução de novos alimentos
    • Alimentação em idade escolar
    • Nutrição em época de exames
    • Sedentarismo e alimentação
    • Hábitos alimentares familiares
    • Jovens atletas
    • entre muitas outras situações, por vezes muito mais especificas, por exemplo, numa situação de cancro, de desnutrição, hipertensão, doença renal crónica, …

     

    E como “desde pequenino é que se torce o pepino”, é na infância que se torna determinante educar as nossas crianças a adotar hábitos alimentares saudáveis.

     

    Não se esqueça: os pais e educadores são o exemplo para os mais pequenos. :)

     

    Artigo da responsabilidade da nutricionista Rita Morais, nº cédula profissional 1473 N (ON)

Deixe Um Comentário

Cancelar Resposta